The Originals RPG
Perca-se em um mundo repleto de mistérios, onde os vivos facilmente se perdem, e os mortos saem para brincar. Encontre seu lugar nessa batalha, mas saiba que não sairá vivo dela.
New Orleans é o lar que abriga os mais insanos homens e as mais sangrentas descobertas; onde em cada avenida corre o sangue de seus inimigos e o espírito de seu criador: Niklaus Mikaelson.
Perigos iminentes rondam os pensamentos dos sombrios, e em cada coração ameaçado é motivado o espírito de revolução... eles são conhecidos por Família Original.

Lobisomens

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Lobisomens

Mensagem por Wanheda em Qui Abr 07, 2016 3:34 am


LOBISOMENS



       Lobisomens, também conhecidos por Lycans ou Licantropos, são uma espécie de sobrenaturais que outrora fora extinta, mas que hoje se tornou uma força dominante em New Orleans. Quando estão transformados em Lobisomens, estes perdem totalmente a consciência humana, e são guiados somente pelo seu instinto natural de matança, muito embora os Lobisomens com experiência possam exercer algum tipo de controle. 
       Embora ataquem qualquer ser que estiver próximo, suas presas geralmente são vampiros, sendo estes seus inimigos naturais. Segundo a maldição, em cada lua Cheia, aqueles que estão fadados eternamente com a Maldição Licantropa serão transformados em criaturas hostis, temíveis e irracionais. Mesmo em forma humana, os Lobisomens possuem algumas de suas habilidades em menor proporção, mas nada comparado aos vampiros ou se estivessem em sua forma de lobo. 
       A Licantropia é a maldição do Lobisomem, no entanto, ela precisa ser ativada para que a transformação ocorra, ou jamais ocorrerá. Para que a maldição seja acessada, e o Lobisomem possua seus poderes, mas com o custo de virar uma besta predadora  irracional e primitiva em cada noite de lua Cheia, é necessário que o mesmo seja responsável pela morte de um ser humano, seja acidental ou intencionalmente; e então o Gene de Lobisomem será finalmente ativado. 
       A raiva e agressão são traços comuns de personalidade para aqueles que não tenham ativado o seu gene de lobisomem, assim a probabilidade deles de perder o controle de sua raiva e, inadvertidamente, provocar o seu gene de lobisomem para acidentalmente matar alguém é bastante elevado; e ainda especularam que a raiva e agressividade inerente dos lobisomens se destina a aumentar a probabilidade de que um lobisomem ativar sua licantropia em algum momento de sua vida. 
       Depois que o gene é ativado, os olhos do homem-lobo ficarão dourados, e seus poderes latentes (tais como aumento da força e cura acelerada) serão activados instantaneamente. Um lobisomem que ainda tem de desencadear a sua maldição única apresenta uma característica de licantropia: Aumento da agressividade e raiva de uma maneira geral, o que pode se tornar esmagadora por ataques de raiva que antecedem e durante as noites de lua cheia. Além disso, até que seu gene seja ativado, lobisomens são vulneráveis ao controle mental dos vampiros.
RITUAL DE UNIFICAÇÃO


       Enquanto a maior parte da história de lobisomens permanece desconhecida, já foi dito que no primeiro ponto de sua existência, cada linhagem lobisomem era distinta, e cada um tinha seu próprio poder; uns tinham mais velocidade, outros tinham mais força, e alguns até mesmo tinha a capacidade de sentir seus inimigos de longa distância, presumivelmente entre outras habilidades.
       Para aperfeiçoar essas habilidades, e ganhar outras, um xamã deveria casar os dois Alphas de matilhas distintas, e todos que estivessem presentes na cerimônia iria herdar misticamente as habilidades dos seus Alphas. Logo, esses casamentos viraram negócios em busca de poder e conquista de territórios entre as linhagens.
IDADE MÉDIA


       Há ainda muito pouco conhecido sobre a gênese de lobisomens e sua história inicial, incluindo quem ou o que os criou, por que eles foram criados, e como eles foram criados; tudo o que é realmente sabe é que eles existiam antes de vampiros, que foram conhecidos a ser criado um pouco mais de 1000 anos atrás. Levando ao fato de que os Lobisomens chamam sua condição sobrenatural de Maldição, existem teorias que a própria Natureza pode ter criado a espécie, e posteriormente, bruxas amaldiçoaram os primeiros de sua linhagem.
PRIMEIRA LUA CHEIA


       Um lobisomem só vai se transformar em um lobo sob a lua cheia. A primeira transformação é muito lenta, e a pessoa é sujeita a, pelo menos, cinco ou seis horas de dor intensa, quebrando-osso antes da transformação real. Após a primeira transformação, a experiência não dura tanto quanto a primeira, mas ainda é doloroso. Durante a transformação, o corpo da pessoa é torcida de uma forma não natural como se estivesse remodelando os ossos e mudando para formar o esqueleto de um lobo, fazendo com que a pessoa dor física e psicológica seja insuportável. Mais tarde, os pelos do Lobisomem nasce em todo corpo, deixando-os irracionais. Seus olhos ficam amarelos, e seus dentes caninos alongados, antes de finalmente se transformar em sua forma de lobo. Um lobo retorna à sua forma humana depois de algumas horas, por vezes, mais cedo, por vezes, mais tarde. Após a primeira transformação, o lobisomem vai experimentar dores musculares. Lobisomens mais velhos conseguem se controlar, até certo ponto, na noite de lua cheia, mas muitos acham que é necessário dosar-se com wolfsbane para enfraquecê-los antes que eles se trancam-se em cadeias para evitar ferir ninguém enquanto eles estão transformadas.
CÓDIGO DE LEALDADE


       Lobisomens são muito semelhantes às bruxas quando se trata de sua própria espécie. Ao contrário de vampiros, lobisomens têm um inabalável senso de lealdade, e muitas vezes vão se relacionar com outros lobisomens que se encontram. Eles formam matilhas e trabalham uns com os outros em grupo, como uma espécie de família. O vínculo de lealdade entre lobisomens é tão forte que, embora alterada em luas cheias, os únicos seres que eles não atacam são outros lobisomens (independentemente de terem ou não ativado o seu gene lobisomem). Este código não parece estender-se a híbridos de Klaus, também.
LUNA SANGUINIS


       De acordo com Finn Mikaelson, os lobisomens tinham um ritual de mil anos atrás que na presença de uma Lua de Sangue, eles (os lobisomens) iriam caçar e propositadamente provocar a sua maldição por matar um ser humano, de bom grado, suportando a dor de suas transformações em troca da força em troca de suas habilidades. Este ritual era para ser um rito de passagem, onde jovens lobisomens abraçavam sua natureza, ao em vez de se afastar dela; isto é, em contraste com muitos lobisomens modernos, que fazem o que podem para evitar desencadear suas maldições e ter que lidar com a dor de suas transformações mensais.
PODERES & HABILIDADES


Super Força  Os Lobisomens têm sua forma ampliada logo após desencadearem sua maldição, embora já seja naturalmente mais forte que os humanos mesmo antes de ativarem sua maldição. Em forma humana, eles não são tão fortes quanto os vampiros, nem mesmo em comparação com os vampiros novatos. Entretanto, são extremamente fortes em sua forma de Lobisomem, quando suas habilidades são levadas ao ápice. 
Super Velocidade  Os Lobisomens, em sua forma humana, são levemente mais rápidos que um ser humano comum, mas nada além disso. Entretanto, em sua forma de Lobisomem, atingem níveis máximos de velocidade, podendo chegar a competir com a velocidade de um Vampiro dependendo de sua idade e força. 
Super Agilidade  Lobisomens possuem agilidade sobre-humana. Seja em lobo ou mesmo na forma humana, eles demonstraram que eles podem se mover, saltar muito alto, subir, virar e correr incrivelmente rápido, sem dificuldade ou exaustão. Eles também podem saltar de alturas incríveis sem sofrer os impactos da queda. 
Super Durabilidade  Lobisomens são extremamente resistentes, podendo saltar de grandes alturas sem sofrer os impactos da queda, seja em forma humana ou lupina. 
Cura Fator   Lobisomens possuem um fator de cura acelerado, chegando a ser sobre-humano. Sua regeneração, ao contrário dos vampiros, não é instantânea, demorando alguns minutos para se curarem totalmente. 
Sentidos   Os lobisomens têm sentidos aguçados e extremamente elevados de olfato, visão, paladar, audição e toque inerente a todos os caninos. Lobisomens são mais sensíveis ao olfato, podendo sentir e distinguir odores com mais facilidade que os vampiros, além de ajudá-los a farejar cheiros com menos complexidade.
Raiva  Lobisomens são capazes de fazer seus olhos brilharem quando estão com raiva ou ameaçados, mas apenas por um curto período de tempo. Quando um lobisomem está furioso ou forçado a se defender, sua raiva aumenta todos os seus poderes e habilidades para um curto período de tempo, o que lhes permite acender alguns dos seus poderes para dar-lhes uma vantagem.
Controle de Transformação  Durante uma lua cheia, eles involuntariamente irão se transformar em Lobisomem No entanto, se um Lobisomem do sexo feminino está grávida, não será capaz de se transformar nos meses de gestação, ou então irá matar o feto. 
Mordida de Lobisomem  A toxina presente na mordida de Lobisomem é totalmente letal e venenosa aos Vampiros. O veneno presente em sua mordida irá matá-los entre o período de algumas horas, deixando-os completamente fracos e vulneráveis nesse tempo até chegar ao óbito. 
Lua Cheia — Com influência da Lua Cheia, todas suas habilidades serão ampliadas ao máximo, e serão os principais inimigos de um vampiro nesse período de tempo. 
Controle da Transformação  Graças ao Ritual de Unificação realizado por Hayley e Jackson, os Alphas da matilha de Lobisomens de New Orleans, todos os Lobisomens são capazes de controlar sua transformação ao bél prazer (para possuir essa habilidade especial, é necessário dizer na ficha que esteve presente na cerimônia, e portanto, é totalmente submisso as ordens dos seus Alphas: Hayley e Jackson).
FRAQUEZAS & VULNERABILIDADES 


      Perda de sangue  Se um Lobisomem é gravemente ferido, e este ferimento seja fatal antes que seu sistema de regeneração se torne ativo, o mesmo poderá morrer. Afinal, todos sabem que o sistema de cura do Lobisomem não é instantânea. 
      Pescoço Quebrado  Quebrar o pescoço de um Lobisomem resulta em sua morte instantânea. 
      Decapitação : Decapitar um Lobisomem irá matá-lo instantaneamente.
     Fogo  Fogo é capaz de matar um Lobisomem, desde que ele seja diretamente afetado em todas regiões do corpo. 
      Extração do Coração  Extrair o coração de um Lobisomem irá matá-los instantaneamente, assim como mata vampiros de forma permanente.
      Magia  Os lobisomens são suscetíveis aos poderes de bruxaria.
      Mortalidade  Lobisomens podem morrer de velhice por serem, teoricamente, humanos com seu gene despertado. 
      Wolfsbane  Assim como os vampiros são vulneráveis a verbena, os lobisomens são vulneráveis a Wolfsbane. Essa erva venenosa lhes deixa fracos, embora alguns possuam certo tipo de tolerância a mesma.
avatar
Wanheda
Admin

Mensagens : 38
Dólares : 4492
Data de inscrição : 27/06/2015

Identificação Sobrenatural
Habilidade: Sedução
Pertences:

Ver perfil do usuário http://theoriginalsrpg.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum